top of page

Conscious marketing: seeds for a new marketing concept to deal with the potential conflicts between


Este artigo trata de um paradoxo conflitante entre o consumismo e a sustentabilidade entre os principais executivos de marketing de três empresas selecionadas propositadamente, em que cada empresa representa um paradigma organizacional atual: o funcional, o radical humano e o interpretativo. Uma metodologia de estudo de caso, baseada em entrevistas aprofundadas, combinada com uma pesquisa bibliográfica abrangente, permitiu abordar como as limitações do planeta em fornecer recursos podem influenciar as estratégias de negócios. Empresas de paradigmas funcionais, por exemplo, buscam crescimento infinito enquanto vivemos em um planeta finito. A questão é se o Departamento de Marketing dessas empresas, nos diferentes paradigmas organizacionais, tem um papel no fornecimento de insumos no planejamento estratégico de longo prazo. Além disso, se a disciplina de marketing no ambiente acadêmico influenciar os tomadores de decisão que participam do planejamento de negócios das empresas a moldar o futuro em um ambiente percebido em 2017, onde o consumismo é colocado na contramão da sustentabilidade do planeta. O estudo revelou que, o Departamento de Marketing possui poder ou voz limitados para influenciar as decisões de negócios. Por outro lado, iniciativas 'mais ecológicas' como Marketing Social, Marketing Verde e Marketing Sustentável têm potencial para evoluir ou incorporar um novo conceito de disciplina, chamado neste artigo como 'Marketing Consciente'. Essa oportunidade deve ser iniciada no nível acadêmico das Universidades e Escolas de Negócios, o que pode reforçar a relevância do tema e ajudar a construir nos alunos, uma nova geração de profissionais, o conhecimento que vivemos em um planeta finito, com recursos e recursos limitados. que a humanidade precisa revisitar seus padrões de consumo para garantir condições de vida às gerações futuras.


bottom of page